quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

A Hillary podia ganhar... PODIA! Mas não vai. - Porreiro pah!

Ora bem, esta madrugada o people dos states elege em 24 estados os candidatos do partido Republicano e Democrata à white casa. Este modelo é um bocado strange pros tugas (felizmente pra classe politica portuguesa) porque primeiro o povo elege os candidatos de cada partido e só lá pra november é que se vota mesmo para a presidencia dos states. Entretanto a malta aqui do blogue ( Rui , Tiago e Hugo ) já depositou 3 euros e 25 centimos na campanha do Obama para mostrar o nosso apoio


Por isso, Obama não te preocupes que tendo o nosso pseudo apoio e sendo nós grandes lideres de pseudo opinião os americanos com juizo vão votar em ti. Ta ganho pá.

P.S.: Se a senhora clinton ganhar bem podemos rezar pelas nossas vidas...
P.S.2: No women no cry @@@@


Se quiserem saber mais, ou não, visitem...

http://presidenciais2008.wordpress.com/
http://www.margensdeerro.blogspot.com/

Artigo escrito em conjunto com: Rui Carvalho e Tiago Carvalho

12 comentários:

Rui Carvalho ^ disse...

So' para avisar que o visitante 1000 ganhou um fanta'stico qualquer coisa.. L0l

Anónimo disse...

Esse senhor também conta com o meu apoio. Não que cá de Portugal sirva de muito, mas pronto.

Rita

Rui Carvalho ^ disse...

Não se saiu nada mal ele. Está apenas com 100 delegados de diferença e ainda faltam eleger quase 3000.

Teve uma votação muito boa em Nova York (Estado da Hillary) onde arrebatou 40% da votação contra 57%. Foi quase uma vitória. Já no Illinois (Estado de Obama) só 33% votou em Hillary e 65% votou Obama.

Na Califórnia o Estado que mais delegados elegeu que coisa foi renhida 52% Hillary;42% Obama.

Em suma, a Hillary hoje contava ter ficado muito mais demarcada na liderança o que não aconteceu...

Vamos ver no que isto vai dar Rita... Pode ser que o Obama tenha visto aqui o apoio xD

Ricardo Leite disse...

porque será que todos os non-states-livers/outsiders-dos-states apoiam o obama? (incluindo eu).

Anónimo disse...

Porque possivelmente é o mais liberal de lá (sem contar com o Kucnich, que já desistiu da corrida) e cá na europa somos todos muito à frente. :P
Ou não, pois.

Rita

Tiago Carvalho disse...

Eu continuo a ter dúvidas daquilo a que vocês chamam liberal...mas isto é só uma dúvida minha...

Anónimo disse...

Liberal - adjective:

1 willing to understand and respect other people's ideas, opinions, and feelings

2 supporting or allowing gradual political and social changes [≠ conservative]

3 allowing people or organizations a lot of political or economic freedom liberal state/society/democracy etc

Neste sentido. :P

(e sim, passo cá a vida, ahahah)

Rita

Rui Carvalho ^ disse...

ahahahh :P fazes bem

Tiago Carvalho disse...

"3 allowing people or organizations a lot of political or economic freedom liberal state/society/democracy etc"

Só para dizer que isto quer dizer que o estado não paga reformas a ninguem e não arranja cuidados de saúde porreiros a ninguem! Quanto ao resto tudo bem

Anónimo disse...

É impressão minha ou o teu problema é a semântica? Eu disse que o Obama é liberal "as opposed to" conservador. Liberal no sentido social, não necessariamente no económico, se bem que ele é a favor do mercado livre. Mas eu gosto dele na mesma.

Tiago Carvalho disse...

O que é que é que entendes por um liberal ao nível social?

Rui Carvalho ^ disse...

anarquia ? :D